Competência

 

Estamos vivendo em um mundo globalizado de grande competitividade e qualidade. As novas tecnologias vêm permitindo o acesso à informação numa velocidade e volume crescente. Além disso, para ganhar mercado, as empresas vêm inovando em produtos e serviços baseados nas necessidades dos clientes. Tudo está caminhando com muita rapidez, temos a globalização, internet, tudo praticamente em tempo real. Toda essa evolução traz consigo algumas exigências e uma delas é a necessidades de se investir nas pessoas, estimulando o potencial existente em cada um.

Existem muitas empresas de alto nível com certificados de ISO 9000, com implantação do processo de Qualidade Total, investimentos em equipamentos e tecnologia avançada, treinamentos com excelentes resultados alcançados, no entanto, será que isso é suficiente para levar empresas ao sucesso?

Provavelmente não, pois o talento das pessoas e suas competências sendo trabalhadas serão fatores determinantes no alcance do sucesso para as empresas. O maior recurso que uma empresa possui é o seu capital humano, sendo esse insubstituível. Investir em pessoas é ter retorno garantido.

Pessoas estimuladas, motivadas, desenvolvem excelência na qualidade dos serviços e do atendimento ao cliente, trazendo assim resultados mais eficientes e eficazes para as empresas. Pessoas que são estimuladas produzem mais e melhor.

Segundo Fleury (2000), a competência se trata de  “… um saber agir responsável e
reconhecido que implica mobilizar, integrar, transferir conhecimentos, recursos,
habilidades, que agreguem valor econômico á organização e valor social ao
indivíduo”.

A Competência é a coordenação e integração de três pilares:

Conhecimento

-Saber o que fazer e porque fazer.

Habilidades

-Saber como fazer
– Tudo o que precisa ser treinado e desenvolvido.

Atitudes

-Querer fazer.
-Tudo o que precisa ser feito para se obter conhecimento e aprimorar suas
Habilidades.

As pessoas que desejam se tornarem competentes necessitam se expressar através de suas habilidades, atitudes e competências, os quais incluem comportamentos como:

Saber se comunicar de forma eficiente

Negociar com eficácia

Ter um bom desempenho junto à equipe de trabalho

Ser proativo

Ter uma boa visão estratégica.

É essencial também ter atitudes tais como: iniciativa, autonomia, dedicação, persistência e comprometimento.

 

Receba dicas para ser um bom LÍDER

 

 

Deixar uma resposta